Varazim Teatro a sua Companhia Certa

Saltar para o conteúdo principal da página

Mythos

Plano geral de cena onde estão as três personagens. Os dois homens estão sentados à esquerda da personagem feminina que está em pé, havendo entre eles uma cadeira vermelha vazia.

Não consegue visualizar o vídeo? Por favor clique aqui.


3 de Dezembro | 21:30h | Cine-Teatro Garrett, Póvoa de Varzim

47ª Criação do Teatro Extremo

Classificação: M/6 - Público familiar
Duração: 75m

Compre já o seu bilheteIrá abrir uma nova janela
Sinopse:

Uma conferência sobre a Mitologia. Este é o ponto de partida que leva três personagens a fazer uma “viagem” em tom de comédia, em demanda da curiosidade e da imaginação universal, glosando os mitos universais e urbanos para expor a condição humana na nossa sociedade contemporânea.

Interpretado por Bibi Gomes, Fernando Jorge Lopes e Rui Cerveira, é uma criação original, em linguagem universal, para público de todas as línguas com direção artística de Joseph Collard, clown belga co-fundador da companhia Les Funambules, que integra o elenco do espetáculo “Ovo” do Cirque du Soleil.

Ficha Artística e Técnica:

Direção Artística: Joseph Collard
Interpretação: Bibi Gomes, Fernando Jorge Lopes e Rui Cerveira
Cenografia: Teatro Extremo
Construção de Cenografia e Adereços: Daniel Verdades e Maria João Montenegro
Figurinos: Arminda Moisés Coelho
Desenho de Luz: Celestino Verdades
Sonoplastia: Fernando Jorge Lopes e Joseph Collard
Montagem da Sonoplastia: Sandro Esperança
Direção Técnica: Celestino Verdades
Operação técnica: Daniel Verdades e Maria João Montenegro
Direção de Produção: Sofia Oliveira
Promoção: Victor Pinto Ângelo
Parcerias: Liliana Duarte
Comunicação e Assessoria de Imprensa: Nádia Santos
Assistência de Produção e Secretariado: Paula Almeida
Apoio à Produção: Francisca Lima
Vídeo: João Varela
Design Gráfico: P2F
Fotografia: Vítor Cid

Sobre o Teatro Extremo

Sediado em Almada desde 1994, o Teatro Extremo constitui-se Associação Cultural em 1996. Estrutura profissional com apoio do Ministério da Cultura/DGArtes, Câmara Municipal de Almada, Juntas de Freguesia de Almada, municípios e entidades públicas e privadas. Em 2002 foi-lhe atribuído a Medalha de Prata de Mérito Cultural da Cidade de Almada. Desde 2015 garante o funcionamento e a programação do equipamento municipal Teatro-Estúdio António Assunção.
Até à data o Teatro Extremo apresentou-se a mais de meio milhão de espetadores em Portugal, Espanha, França, Alemanha, Bélgica, Itália, Inglaterra, Brasil, Cabo Verde e Índia. Desde o início da sua atividade criou espetáculos de produção própria ou em coprodução, investindo na dramaturgia contemporânea e na itinerância. Organiza desde 1996 “Sementes – Mostra Internacional de Artes para o Pequeno Público”, festival multidisciplinar e descentralizado para a infância, juventude e público familiar. Desenvolve um Serviço Educativo com projetos de formação e de sensibilização e captação de públicos com o envolvimento da comunidade.

Sobre Joseph Collard

Fez formação em técnica corporal e teatral, clown, máscara e mímica em Paris com Mario Gonzales do Théâtre du Soleil. Professor de técnicas de expressão teatral e corporal na École d‘Animation Théâtrale de Bruxelas, Bélgica, na École du Cirque du Soleil de Montreal, Canadá e na École des Cadres Province, Luxemburgo. Juntamente com Jean Louis Danvoye, criou a companhia belga de mímica clown “Les Funambules”. Em 2003 trabalhou com o Teatro Extremo na encenação de “Velho Palhaço Precisa-se” de Matei Visniec. Integra o elenco do Cirque du Soleil no espetáculo “Ovo”.

Sobre Fernando Jorge Lopes

Direção artística do Teatro Extremo, encenação, cenografia.
Nasceu em 1964. Estudou História de Arte na UNL, frequentou o Curso de Especialização em Teatro da Universidade Clássica de Lisboa e de Escultura no Ar.Co.
Membro fundador do Teatro Extremo. Trabalhou na Companhia de Teatro de Almada, Teatro do Tejo, TIL, Cendrev, Teatro da Rainha, Barraca, Bando. Encenou entre outros: Óscar Panizza, Gil Vicente, Umberto Eco, Romeu Correia, B.Brecht, António Cabrita, Erik Satie, Luis Matilla, Esopo, Plínio Marcos. Como ator profissional representou Moliére, Lorca, Gil Vicente, Eugene O’Neill, Mrozeck, Pirandello, Oscar Wilde, Hélder Costa, Umberto Eco, Matei Visniec, Gabriel Emanuel, Virgílio Martinho, Jorge de Sena. Trabalhou com Joaquim Benite, Júlio Castronuovo, Gil Nave, João Brites, Hélder Costa, José M. Ramos, Manuel Guerra, Sylvio Zilber, Fernando Mora Ramos, Ana Nave, Living Theatre e Joseph Collard. Atuou em filmes, séries e novelas.

Sobre Bibi Gomes

Nasceu em 1964. Tem o Curso de Atores da Companhia de Teatro de Almada, frequentou seminários e estágios para atores promovidos pela Fundação Calouste Gulbenkian, O Bando e o FIT.
Como actriz, trabalhou com encenadores como Joaquim Benite, José Martins, Júlio Castronuovo, João Brites, José Barbieri, Gisela Cãnamero, Fernando Jorge Lopes, Isabel Leitão, Horácio Manuel, António Carvalho, Rogério de Carvalho e Helena Pimenta. Interpretou textos de autores como Bertolt Brecht, Camilo Castelo Branco, Frederico Garcia Lorca, Gil Vicente, Miguel Torga, Mia Couto, Molière, Almeida Garrett, Ramos Rosa, Manuel Teixeira Gomes, Teresa Rita Lopes, Pirandello, Sophia de Melo Breyner, Irene Lisboa, Max Aub, Ad de Bont entre outros.
Integrou o elenco da Companhia de Teatro de Almada de 1986 a 1989, o elenco do Teatro O Bando de 1989 a 2000, da Companhia Arte Pública de 2000 a 2005 e trabalhou entre 2005 e 2006 em espetáculos no teatro O Bando e no Teatro Nacional D. Maria II.
Paralelamente à atividade como atriz, tem colaborado com diversas Bibliotecas Municipais em lançamentos de livros e de sensibilização à leitura para crianças e adultos, tem desenvolvido atividade como encenadora, coordenadora de eventos e direção de workshops, destacando a coordenação de encenação das Máquinas de Peregrinar e coordenação dos atores do Evento Regular Diurno EXPO98. Participou em diversas séries para a televisão e curtas-metragens para o cinema. É cooperante do Teatro O Bando.
Colabora com o Teatro Extremo desde 2007, onde integra o elenco e concebe e desenvolve no Serviço Educativo projetos da sua autoria para a infância, juventude e seniores.

Sobre Rui Cerveira

Tem o 2o ano do Curso de Investigação Social Aplicada da Universidade Moderna de Lisboa e o curso de Atores do IFICT, orientado por Adolfo Gutkin. Mais recentemente, destaca os workshops desenvolvidos com o Natural Theatre Company e com John Mowat (Teatro Visual/ do Gesto). Enquanto ator de teatro trabalhou, entre outros, com Ávila Costa, Rogério de Carvalho, Fernando Mora Ramos, Antonino Solmer, Adriano Luz, o Bando, El Comedients. Em televisão participou nas séries “Uma Aventura”, “Super Pai” e na peça televisiva “No Fotógrafo”.
É fundador do Teatro Extremo onde exerce as funções de ator e diretor do Festival Sementes – Mostra Internacional de Artes para o Pequeno Público que em 2017 celebra 22 edições.
É, também, fundador do grupo de animação teatral de rua Os Automóveis – Teatro Móvel.


#VarazimTeatro | #CompanhiaCerta | #Teatro | #PóvoaDeVarzim | #Cultura | #ACulturaÉSegura | #TemporadaTeatral


Compre já o seu bilheteIrá abrir uma nova janela

Agenda

Mythos

Sábado, 03 de Dezembro - TETE

21:30h
Cine-Teatro Garrett, Póvoa de Varzim
Espetáculo levado a cena por:
Teatro Extremo

Adicionar ao meu calendário
Compre já o seu bilheteIrá abrir uma nova janela

Bilheteira

Bilhetes para a TEmporada TEatral (espetáculos a apresentar no Cine-Teatro Garrett, na Póvoa de Varzim)

Compra:

• Cine-Teatro Garrett - Rua José Malgueira nr 13, 4490-647 - Póvoa de Varzim
• CTT
• FNAC
• Worten

Online em: www.bol.pt

Reservas:

Por email: varazim@gmail.com

Pelos telefones

912 420 129
916 439 009
252 090 210 (Cine-Teatro Garrett)

Inteiro: 7,00

Com desconto para estudantes, reformados, menores de 25 anos e maiores de 65, desempregados, pessoas com deficiência, grupos de 8 pessoas: 5,00€ cada

Associados ou Amigos da Varazim Teatro: 3,50


A Varazim Teatro tem o apoio da República Portuguesa – Cultura / Direção-Geral das Artes

A Temporada Teatral é programada pela Varazim Teatro com o patrocínio da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim e apoio técnico e logístico do Cine-Teatro Garrett

Newsletter