Varazim Teatro a sua Companhia Certa

Saltar para o conteúdo principal da página

Vocês viram o meu cão?

Na imagem vê-se um homem de barba branca e cabelos grisados, sentado com pernas cruzadas no chão. Atrás de si tem uma casota grande feita de restos de cartão, ao seu lado direito (lado esquerdo da imagem) está uma lata de tinta branca e vermelha. O homem tem um gorro preto, sobretudo cinzento, calças de ganga rotas e t-shirt branca. Segura um acordeão pequeno azul. Nas mãos tem calçadas, como luvas, meias cortadas para passarem os dedos.

Não consegue visualizar o vídeo? Por favor clique aqui.


Espetáculo de Teatro com Audiodescrição e Língua Gestual Portuguesa em Março na Temporada Teatral da Póvoa de Varzim

2 de Março de 2024 | 21h30 | Cine-Teatro Garrett - Póvoa de Varzim

Sessão com Audiodescrição e Interpretação para Língua Gestual Portuguesa
Espaço com Acesso para Pessoas com Mobilidade Condicionada

pela Companhia Certa da Varazim Teatro
Encenação e Interpretação: Eduardo Faria

Classificação etária: Aconselhado M/12
Duração: Aprox. 60min


Sinopse:

“Vocês viram o meu cão?”
É com esta pergunta que se inicia esta comédia e é esta pergunta que dá o nome a este espetáculo. Um espetáculo repleto de humor, altamente corrosivo e pleno de sarcasmo como convém a qualquer tragicomédia que se preze!
Uma comédia onde o trágico é, a gargalhada que se nos solta ao olharmos para nós mesmos, enquanto elementos – perfeitamente integrados – de uma sociedade vincadamente estratificada.
Uma estória, feita de muitas estórias surreais – ou talvez não – de um quotidiano que nos é absurdamente próximo – ou talvez não -, que nos é contada por um personagem que parece não fazer sentido – ou talvez sim -.

“Vocês viram o meu cão?”
O texto original de Victor M Sant’Anna de 1999, “Vocês viram meu cachorro?” é um texto absolutamente atual e politicamente comprometido com o Ser Humano e o seu direito inalienável à dignidade, em que a sua estrutura dramática nos remete para uma linguagem característica, do Teatro do Absurdo, do Nonsense e do Surrealismo.
Na tradução, do português do Brasil para o de Portugal, procurou-se preservar toda a essência do texto original numa adaptação à realidade política e social do Portugal contemporâneo.

“Vocês viram o meu cão?”
É um espetáculo com uma linguagem de encenação: fresca, arejada, divertida e que assenta a sua estrutura nas bases do Teatro do Absurdo, que recorre ao minimalismo com o sentido de desprender a atenção do espectador de qualquer outro foco que não seja o ator e o seu trabalho, que transporta o espectador para um universo poeticamente surreal.

“Vocês viram o meu cão?”
É uma tragicomédia: hilariante e corrosiva, divertida e inquietante, leve e sufocante, que nos é próxima e – talvez – não distante, à qual ninguém vai ficar indiferente!

Ficha artística e técnica:

Texto: Victor M. Sant’Anna
Encenação e Interpretação: Eduardo Faria
Assistência de Encenação: Ana Lídia Pereira
Cenário e Figurinos: Joana Soares
Ruído Sonoro: Eduardo Faria
Desenho de Luz: Eduardo Faria e José Raposo
Produção: Joana de Sousa

A Varazim Teatro tem apoio da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim desde 1998
Integra desde Agosto 2023 a Rede de Teatros com Programação Acessível gerida pela Acesso Cultura e financiada pelo BPI e Fundação La Caixa

O que é a AUDIODESCRIÇÃO?

Trata-se de um recurso dirigido a pessoas com deficiência visual (cegas e com baixa visão). A audiodescrição é um comentário adicional que, através da descrição verbal, procura tornar acessíveis elementos visuais de uma obra ou espaço: linguagem corporal, expressões, movimentos, cenário, figurinos, objectos, etc. No contexto das artes performativas, a pessoa que faz a audiodescrição fala para as pessoas que requisitam este recurso, através de um auricular e durante as pausas naturais de áudio, sobre o que está a acontecer e que não é percetível através da audição.

O que é a LÍNGUA GESTUAL PORTUGUESA?

A língua através da qual grande parte da comunidade surda em Portugal (cerca de 30.000 pessoas) comunica entre si. A LGP é também usada pela comunidade envolvente - familiares de Surdos (a escrita da palavra com maiúscula refere-se à pessoa que fala LGP), educadores, professores, técnicos, entre outros. A expressão "língua gestual" (ao invés de "linguagem gestual") refere-se à língua materna de uma comunidade de Surdos. As línguas gestuais são línguas naturais, que surgem e se desenvolvem naturalmente, como as línguas orais. Esta língua é produzida por movimentos das mãos, do corpo e por expressões faciais e a sua receção é visual. Tem um vocabulário e gramática próprios.


#VarazimTeatro | #CompanhiaCerta | #Teatro | #PóvoaDeVarzim | #Cultura | #ACulturaÉSegura | #TemporadaTeatral



Agenda

O Homem do Caminho

Sábado, 04 de Maio - TETE

21:30h
Cine-Teatro Garrett, Póvoa de Varzim
Espetáculo levado a cena por:
A Escola da Noite & Quinta Parede

Adicionar ao meu calendário

Bilheteira

Bilhetes para a TEmporada TEatral (espetáculos a apresentar no Cine-Teatro Garrett, na Póvoa de Varzim)

Compra:

• Cine-Teatro Garrett - Rua José Malgueira nr 13, 4490-647 - Póvoa de Varzim
• CTT
• FNAC
• Worten

Online em: www.bol.pt

Reservas:

Por email: varazim@gmail.com

Pelos telefones

912 420 129
916 439 009
252 090 210 (Cine-Teatro Garrett)

Inteiro: €7,00

Com desconto para estudantes, reformados, desempregados, maiores de 65 anos, menores de 30 anos, pessoas com incapacidade ou deficiência e/ou S/surdos, grupo de 8 pessoas ou mais, famílias numerosas (5 ou +): €5,00 cada

Sócios e portadores do cartão de Amigo da Varazim Teatro: €3,50

Associados da Acapo: €3,50

Gratuito para 1 acompanhante de pessoa com incapacidade ou deficiência e/ou S/surda

A Temporada Teatral é programada pela Varazim Teatro com o patrocínio da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim e apoio técnico e logístico do Cine-Teatro Garrett

Newsletter