Varazim Teatro a sua Companhia Certa

Saltar para o conteúdo principal da página

DoNoDoNaDa

Na imagem, que é uma imagem de palco, o pano de fundo é escuro e o chão do palco reflete uma luz encarnada. Vê-se, ao meio, uma palete onde estão duas personagens femininas à direita e uma personagem masculina à esquerda. Atrás deles está uma caixa de cartão muito alta. As três personagens estão vestidas de bege. A personagem masculina de cabelo ondulado e grisalho apanhado num rabo de cavalo baixo, tem vestido uma camisa bege e uns corsários da mesma cor. A personagem feminina do meio veste uma camisa branca, um colete e corsários também em bege. Tem metade do cabelo encaracolado apanhado atrás. A última personagem é feminina e em cima do cabelo liso todo apanhado num rabo de cavalo baixo atrás tem um chapéu redondo em bege. Veste-se com uma camisa branca, um colete, um casaco e uns corsários bege.

Não consegue visualizar o vídeo? Por favor clique aqui.


Este espetáculo estreou em: 4 de Dezembro de 2020


pela Companhia Certa
encenação Gonçalo Guerreiro

Este espetáculo já foi apresentado em:

  • • Cine-Teatro Garrett, na Póvoa de Varzim em Dezembro de 2020
  • • Residência Digital Internacional: TRAC - Centro di Residenza Pugliese em Março de 2021
  • • FITA - Auditório Pax Júlia Teatro Municipal em Beja em Maio de 2021
  • • FITA - Cine-Oriental em Aljustrel em Maio de 2021
  • • Programação Regular da Quinta da Caverneira - Águas Santas, Maia em Julho de 2021
  • • Litoral EmCena - Centro de Artes de Sines em Outubro de 2021
  • • Litoral EmCena - Escola Secundária Padre António Macedo em Vila Nova de Stº André em Outubro de 2021
  • • Cine-Teatro dos Bombeiros Voluntários de Vila Praia de Âncora em Outubro de 2021
  • • Cine-Teatro Garrett, na Póvoa de Varzim em Janeiro de 2022
  • • Sementes - Auditório do Fórum Romeu Correia - Almada em Junho de 2022
  • • Auditório Carla Torres - Tondela em Março de 2023
  • • Novos Ventos, Festival de Teatro Comunitário, Leiria em Junho de 2023

Este espetáculo teve apoio à circulação Fundação GDA


Informações para AgendamentoIrá abrir uma nova janela
Sinopse:

DoNoDoNaDa é um espectáculo destinado ao público infantil e familiar a partir dos 3 anos.

É uma parábola sem palavras onde os gestos e os movimentos dos actores não precisam do texto para se fazer entender.
A música tem uma importância fundamental, porque acompanha constantemente as acções, enfatiza as intenções e modula as emoções.

Dentro de uma atmosfera lúdica criada a partir de um dispositivo cénico feito de madeira, cartão e papel, os personagens (inspirados no cinema mudo de Charlie Chaplin e Buster Keaton) perdem-se num remoinho de situações divertidas que nos remetem ao mundo em que vivemos para tentar conhecê-lo melhor.

Há pessoas que são donas de muito e outras que são donas de nada. Isto está visto que é pura obra do acaso, porque os donos de tudo poderiam ter nascido donos de pouco e ser donos de muito os que nasceram donos de quase nada.

Os que nada têm muito querem ter e os que muito possuem mais querem conquistar.

O mundo dá voltas, reviravoltas, saltos, cambalhotas e ficamos todos de pernas para o ar.
Vamos lá ver se nos entendemos. Se tão rápido a vida passa porque será que a gente passa a vida a querer ter muito quando finalmente não é preciso quase nada?

Donodonada revela com humor e ironia que os seres humanos perdem demasiado tempo a lutar para ganhar e esquecem-se completamente que o que é bom mesmo…

é brincar.

Classificação etária: M/3 anos
Duração aproximada: 50 min.


Nesta imagem, que é uma imagem de palco, podemos ver à esquerda uma personagem feminina reclinada numa cadeira com os pés num banco. A seu lado está um candeeiro de madeira branca e estes elementos estão em cima de uma palete. No centro do palco, encontramos uma personagem masculina com um monte de papéis bege nos braços e está de pé. À sua beira, está uma caixa de cartão pequena. E, mais duas que estão lado a lado. A primeira caixa é a segunda mais alta das três e a mais larga. Já a última, é a mais alta e a mais magra. Sendo a primeira caixa a mais quadrada. Sobre a segunda caixa, encontra-se uma atriz com o braço direito e o lado do rosto direito apoiado. O resto do corpo está ligeiramente mais afastado, mas segura-se mediante o apoio sobre a caixa de cartão. O palco reflete uma luz azul escura intensa.

Ficha Técnica:

Criação e encenação: Gonçalo Guerreiro
Interpretação: Eduardo Faria, Joana Luna, Joana Soares
Criação musical: Paulo Lemos
Cenografia: Gonçalo Guerreiro
Figurinos: Gonçalo Guerreiro e Joana Soares
Desenho de Luz: Gonçalo Guerreiro e José Raposo
Assistente de Cenografia: Hugo Carvalho
Confeção de Figurinos: Adélia Agra
Fotografia: José Carlos Marques
Vídeo: João Rei Lima - www.jworks.pt
Formação em Contexto de Trabalho: Teresa Pinhão em parceria com a JOBRA
Produção Executiva: Joana de Sousa

Clique aqui para ver a folha de sala.



Já viu este espetáculo?

Dê-nos a sua opinião, como o classifica?


  • Excelente
  • Muito Bom
  • Interessante
  • Razoável
  • Pouco apelativo



#VarazimTeatro | #CompanhiaCerta | #Teatro | #PóvoaDeVarzim | #Cultura | #ACulturaÉSegura | #TemporadaTeatral


Informações para AgendamentoIrá abrir uma nova janela

Agenda

O Homem do Caminho

Sábado, 04 de Maio - TETE

21:30h
Cine-Teatro Garrett, Póvoa de Varzim
Espetáculo levado a cena por:
A Escola da Noite & Quinta Parede

Adicionar ao meu calendário

Newsletter